© Getty Images
O Ministério Público solicitou ao prefeito de Pirassununga Dr. Milton Dimas Tadeu Urban, que cumpra Decreto Estadual nº 64.881  em que proíbe a prestação de serviços em Academias de ginásticas,  Salões de Beleza e Barbearias na cidade.


Atualmente, pelo Decreto Federal, as Academias Salões de Beleza e Barbearias foram reconhecidos como serviços essenciais. Esses locais estão funcionando para atendimento presencial individualizado, com agendamento e uso obrigatório de máscara pelos clientes e funcionários. 

Já o Decreto Estadual, que vale até o dia 31 de maio, não flexibiliza a abertura desses locais. Por essa razão, o MP solicitou que Dr. Milton Dimas revogue parte do Decreto Municipal  nº 7.522, que flexibilizou a abertura das Academias, salões de beleza e barbearias.

Visitar nossa Página do Facebook: Jornal O Movimento

Com isto o prefeito revogou parte do decreto e publicou a revogação no Diário Oficial, nesta tarde de segunda-feira (18); ficando proibido a abertura das Academias, Salões de Beleza e Barbearias na cidade. Por Toni Oliveira, @jornalistatonioliveira . É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo.

Veja e leia a íntegra.