Apesar do problema acontecer para os sistemas iOS e Android, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, culpou a Apple pelos erros no aplicativo - © Pixabay
Usuários do aplicativo Caixa Tem voltaram a reclamar de dificuldades para acessar o serviço nesta quarta-feira (22). O problema se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter, por meio da hashtag #CaixaTemNAOFUNCIONA.


O aplicativo é o único meio para os trabalhadores informais que não têm conta bancária pessoal ou não informaram a existência de uma no cadastro receberem o auxílio. Todo o processo do programa é virtual, sem a possibilidade de resolver o problema numa agência bancária.

Nas redes sociais, há diversos relatos de problemas no acesso. “É um descaso com a população brasileira, nesse momento que precisa do auxílio emergencial. Eles estão fazendo isso de propósito pra dificultar o pagamento a milhões de pessoas, infelizmente estamos nas mãos desses políticos”, critica uma usuária.

Outras publicações lamentam a lentidão para a aprovação dobenefício, “Queria estar reclamando do #CaixaTemNAOFUNCIONA, mas ainda estou em análise. Triste”, publicou um perfil no Twitter.

Apesar de o aplicativo ser oferecido para os sistemas iOS e Android, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, culpou a Apple pelos problemas no acesso. Ao programa Brasil Urgente, da Band, ele disse que os problemas estariam ocorrendo apenas com usuários de iPhone. Entretanto, os relatos nas redes sociais apontam dificuldade também com usuários do sistema Android.


Na segunda-feira (20), a Caixa anunciou que está adaptando o aplicativo e o site do auxílio emergencial para a correção de dados e contestação da análise. O banco afirma que o Caixa Tem já registrou 21,9 milhões de downloads, e mais de 10 milhões de contas já foram abertas.