Movimentação em agência da Caixa Econômica Federal - Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Começa nesta segunda-feira (27) o calendário de saques em dinheiro do auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores que receberão o benefício por meio da poupança digital social. 


Para evitar aglomerações, a Caixa Econômica Federal dividiu os saques em um cronograma baseado no mês de aniversário dos trabalhadores. Nesta segunda, terão direito de retirar o valor em dinheiro os nascidos em janeiro e fevereiro.
Os saques podem ser realizados em lotéricas e caixas eletrônicos do banco em todo o país, seguindo o calendário abaixo:
27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro
28 de abril – nascidos em março e abril
29 de abril – nascidos em maio e junho
30 de abril – nascidos julho e agosto
04 de maio – nascidos em setembro e outubro
05 de maio – nascidos em novembro e dezembro
Pelo calendário original, a partir desta segunda-feira estariam disponíveis também os pagamentos da segunda parcela aos inscritos no Cadastro Único e cadastrados por meio do aplicativo e do site do programa.
O cronograma para a nova parcela, porém, deve apenas ser definida no início desta semana. No dia 20, o presidente da Caixa Econômica Federal anunciou que anteciparia os pagamentos. Dois dias depois, o Ministério da Cidadania informou que o governo não poderia realizar as operações de forma prévia e o cronograma da segunda parcela ainda aguarda confirmação.
"Ao longo desse processo, mais de 20 milhões de informais ‘invisíveis’ foram identificados pelo Governo Federal. No início da semana que vem vamos definir o calendário de pagamento da segunda parcela", afirmou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.
Até as 21h deste domingo (26), a Caixa informava que 48,3 milhões de cadastros já haviam sido finalizados. O site do benefício havia sido visitado por 35 milhões de pessoas, o aplicativo do Auxílio Emergencial somava 62,9 milhões de downloads e o aplicativo Caixa Tem outros 50,2 milhões de downloads. Foram, ainda, 83,3 milhões de ligações para a Central 111. 
A Caixa já creditou mais de R$ 26 bilhões do auxílio emergencial para mais de 37 milhões de brasileiros.