Local foi indicado pela mãe da menina desaparecida, Jennifer Natalia Pedro, de 21 anos, que confessou o crime e cumpre prisão preventiva. -  © Redes Sociais
O corpo da bebê Ísis Helena foi encontrado enterrado em Itapira (SP), nesta quarta-feira (29), pela Polícia Civil. As buscas foram feitas com a mudança no depoimento da mãe, que confessou ter enterrado a menina e não a jogado em um rio, como disse em um primeiro momento.


Ísis está desaparecida desde 2 de março. Com a fala de Jennifer Natalia Pedro, a bebê foi desenterrada e levada ao Instituto Médico Legal (IML) do município de Mogi Guaçu.

Jenifer está presa preventivamente e é acusada de falsa comunicação de crime, homicídio doloso e ocultação de cadáver. © Policia Civil
A menina de 1 ano e 10 meses nasceu prematura, com microcefalia, e por isso precisava de remédios controlados. À polícia, a mãe disse que o bebê sumiu ao deixá-la com a avó da criança, que sofre de Alzheimer. Em um primeiro depoimento, ela contou que encontrou o portão da casa aberto e não encontrou mais a filha.



Logo depois de ser presa preventivamente, porém, Jennifer mudou a versão da história e disse que a filha tomou mamadeira, dormiu de barriga pra cima e apareceu morta no dia seguinte. Com ela, ela decidiu jogar o corpo no rio. Tempos depois ela confessou o crime e contou que enterrou o corpo.

Ela está desde o dia 17 de abril, quando foi encarcerada preventivamente para dar continuidade às investigações. No dia 24 do mesmo mês, ela acusada de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e falsa comunicação de crime.