Transferência: interior do estado está com mais vagas em leitos de UTI e de enfermagem (Miguel Schincariol/Getty Images)
O secretário Estadual da Saúde, José Henrique Germann, anunciou nesta quinta-feira, 30, que a grande São Paulo já tem 89% dos leitos de UTI ocupados por conta da pandemia do novo coronavírus.

Com esse resultado, pacientes tratados na região metropolitana começarão a ser transferidos para o interior, que está com 69,3% de sua capacidade de UTI em uso. As transferências começarão a partir deste fim de semana.

De acordo com Germann, hoje há 1.744 pessoas internadas em UTIs em todo o estado e 2.138 em enfermaria. Neste caso, o interior está com 48% de sua capacidade em uso e a grande São Paulo, 73%.

São Paulo, epicentro da covid-19 no país, está com 28.698 casos confirmados da doença e 2.375 mortes. Nesta sexta-feira, 1º, o hospital de campanha montado no Ibirapuera começará a funcionar, para atendimento de casos menos graves.

Em reunião nesta manhã com o ministro da Saúde, Nelson Teich, o governo de São Paulo solicitou o envio de 100 respiradores, 1.600 kits para testes de pacientes internados e 4 milhões de testes rápidos para a população.