Recurso é uma das ações da empresa para a campanha Maio Amarelo - Pixabay
A Uber anunciou hoje (4) uma ferramenta que limita o tempo de trabalho dos motoristas parceiros da plataforma. A ideia é de colocar um limite de 12 horas seguidas de trabalho, com seis horas de descanso e estas informações ficam claramente disponíveis no próprio app que o parceiro já utiliza para receber as corridas.

Além de obrigar o motorista a descansar para continuar trabalhando, a ferramenta faz parte do Maio Amarelo, uma campanha que visa aumentar a segurança no trânsito das cidades brasileiras. Durante o percurso do motorista parceiro, o aplicativo da Uber oferece notificações quando o tempo de trabalho se aproximar das 12 horas. Após alcançá-lo, o parceiro é desconectado da plataforma automaticamente e somente pode retornar após seis horas corridas.

A novidade já está em uso em outras cidades do mundo e entra em funcionamento com outras que foram lançadas recentemente, como o alerta para que o passageiro fique atento na hora de abrir a porta do veículo quando a viagem termina próxima de uma ciclovia ou ciclofaixa - evitando assim acidentes com ciclistas e ou pedestres.

O Uber também lançou o projeto “Como você vê o mundo” em parceria com o Instituto Ver & Viver, que realiza exames de visão em motoristas parceiros e oferece desconto em óculos. Até maio, outras medidas devem ser anunciadas pela empresa..Da redação Toni Oliveira - O Movimento com Ascom-UBER/ É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo )

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Pirassununga On no WhaTsApp (19) 9 8294-5155