Imagem: MATEUS BONOMI/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
Subiu para 136 o número de mortes pelo novo coronavírus no estado de São Paulo, segundo balanço do Ministério da Saúde divulgado nesta terça-feira (31). Com 23 mortes registradas entre segunda e terça, estado tem recorde de mortes desde início da pandemia. Os 23 novos mortos são 13 mulheres e 10 homens. 


Trata-se do maior aumento em números absolutos já registrado, com cerca de uma confirmação por hora, desde ontem.Casos notificados aumentaram de 1.517 para 2.339 no estado, aumento de 54%.

Agora, são 13 cidades do Estao com mortes, incluindo Campinas, no interior, e São Caetano do Sul, Santo André, Caieiras, na Grande São Paulo. Até o meio da última semana, apenas a Capital registrava óbitos relacionados à Covid-19. Entretanto, desde então, já ocorreu pelo menos um óbito nos municípios de Vargem Grande Paulista, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Taboão da Serra, Embu das Artes, Sorocaba, Osasco, e Ribeirão Preto, além dos quatro novos citados de hoje.

Os 23 novos mortos são 13 mulheres e 10 homens. Entre as vítimas femininas, duas eram adultas de 42 e 54 anos, com comorbidades. As outras onze mulheres tinham 69, 85, 86, 76, 84, 72, 64, 81, duas de 65 e 68. No grupo masculino, estão inclusos um de 43 anos com comorbidades e outros dez com idades de 66, 79, 86, 89, 68, 90, 83, 78 e 63. 

Brasil
novo coronavírus provocou 201 mortes no Brasil, onde há 5.717 pessoas com a Covid-19, informou nesta terça-feira o Ministério da Saúde.

As mortes estão localizadas nos estados do Amazonas (3), Rondônia (1), Alagoas (1), Bahia (2), Ceará (7), Maranhão (1), Pernambuco (6), Piauí (4), Rio Grande do Norte (1), Minas Gerais (2), Rio de Janeiro (23), São Paulo (136), Distrito Federal (3), Goiás (1), Mato Grosso do Sul (1), Paraná (3), Rio Grande do Sul (4) e Santa Catarina (2). Agora, todas as regiões brasileiras têm casos de mortes confirmadas por coronavírus.



Apenas os estados do Acre, Amapá, Pará, Roraima, Tocantins, Paraíba, Sergipe, Espírito Santo e Mato Grosso não têm, até o momento, mortes confirmadas pela doença, mas também registram casos confirmados, assim como todos os demais estados brasileiros. Da Redação Toni Oliveira /Jornal  O Movimento com as Agências Saúde Federal e Estadual  É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo )