© Shutterstock
Nesta segunda-feira (9) ocorre a penúltima Superlua do ano. A próxima será em 7 de abril. Uma Superlua é um fenômeno em que a Lua está em seu perigeu (ponto da órbita mais próximo da Terra) ao mesmo tempo em que está em sua fase cheia.

No Brasil o melhor horário para observar o fenômeno será logo após o pôr-do-sol, por volta das 19 horas. Entretanto, o momento exato do perigeu será algumas horas antes, às 14h48 no horário de Brasília.

A órbita da Lua é elíptica, por isso, existem momentos em que está mais próximo ou mais distante do nosso planeta. Além disso, as fases do satélite natural mudam em um período que pode ser considerado semanal.

Então, quando a Lua está cheia e na posição mais próxima da Terra, ocorre o que é chamado de Superlua. Por isso, fica até 14% maior e 30% mais brilhante que o normal.

Apesar de ser um evento relativamente previsível, as datas dos anuários astronômicos às vezes variam de acordo com o observatório que pesquisou. Ou seja, existe uma divergência entre o intervalo de tempo do perigeu (ponto mais próximo de um astro ou satélite da Terra) e a Lua cheia.  Da Redação Toni Oliveira - Jornal O Movimento  -  É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo )