Imagem: Istock
O Hospital Sancta Maggiori, unidade do Paraíso, confirmou para a imprensa e entregou a familiares da idosa que morreu na segunda-feira (16) de manhã um atestado de óbito que apontava “pneumonia viral – COVID 19” como a causa primária da morte.

O exame para atestar a presença do vírus na paciente, colhido no sábado (14), ficou pronto nesta tarde de terça-feira (17) e trouxe resultado negativo para o novo coronavírus. Uma funcionária do hospital, que pertence à operadora de saúde Prevent Senior, à qual a vítima era conveniada, informou a família que um novo atestado de óbito será emitido. 

A vítima tinha 76 anos e sofria de leucemia mieloide aguda. Na quarta-passada (11), foi internada com febre e sintomas de infecção pulmonar. Ela tinha sofrido duas pneumonias recentes. 


“Acho que foi uma confusão do médico que me entregou o atestado. Eu confio no exame que deu negativo”, diz a sobrinha. “Obviamente o hospital vive uma situação aguda, para a qual não estava preparado. Acho lamentável, mas tenho uma postura compreensiva”, conclui.

Até o momento o Sancta Maggiori não  explicou o motivo do engano. A Secretária de Saúde do Estado, não se pronunciou sobre o erro do Hospital.  Da Redação Toni Oliveira /Jornal O Movimento com informações Veja SP É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo )