Header Ads

Últimas Notícias

Há 24 anos, um trágico acidente tirava a vida dos Mamonas Assassinas

© Adoro Cinema / Getty Images 
O dia 02 de março de 1996 entrou para a história do Brasil. Há exatos 24 anos todo o país se emocionava e dava adeus aos Mamonas Assassinas.


Fenômeno musical da época e celebrado até hoje, a banda, antes chamada de Utopia, formada por Dinho, Bento, Sérgio, Júlio e Samuel, apresentava músicas com letras críticas e divertidas, assim como as performances. Entretanto, uma fatalidade encerrou, de maneira repentina e adiantada, a carreira dos jovens.

Com sucesso nacional de pouco mais que um ano e meio, os Mamonas Assassinas gravaram um único álbum. Nele, ficaram eternizados sucessos como Pelados em Santos, Robocop Gay, Vira-Vira, Uma Arlinda Mulher, Chopis Centis, Mundo Animal, Lá Vem o Alemão, Sabão Crá Crá, Sábado de Sol e Não Peide Aqui Baby. Foram vendidas mais de 3 milhões de cópias do CD.




O acidente
Após um show para 4.5 mil pessoas no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, que encarrava a turnê do primeiro disco da banda, os jovens voltariam para São Paulo e já fariam malas para o início de uma turnê internacional em Portugal.

A apresentação durou pouco mais de 1h e os Mamonas partiram rumo à capital paulista. Por volta das 23h16, o jatinho em que estavam colidiu contra a Serra da Cantareira, em SP, após uma tentativa de arremetida do piloto. Ninguém sobreviveu.Da redação Toni Oliveira - Pirassununga ON, com Pop & Arts / É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo )
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do Pirassununga On no WhaTsApp (19) 9 8294-5155