Ministério da Saúde ainda monitora mais de 6000 casos suspeitos - Ricardo Moraes/Reuters

O número de casos suspeitos da Covid-19 deu um salto de mais de seis mil novos casos em 24 horas. Segundo o Ministério da Saúde, esse salto no número de casos suspeitos já era esperado depois que os estados passaram a atualizar o sistema diretamente.

Os dados desta terça-feira (17) mostram 8.819 pessoas com suspeita de estarem com o coronavírus. Na segunda-feira (16), eram 2.064, ou seja, houve um aumento de 327% nos casos suspeitos. O estado de São Paulo registra a maioria, mais de cinco mil, além da primeira morte confirmada nesta terça.

Em uma entrevista pela internet, sem a presença de repóteres, para diminuir o risco de contaminação, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que o Brasil vai enfrentar dois a três meses de muito estresse. 

O ministro Luiz Henrique Mandetta reforçou a recomendação de que os idosos recebam atenção especial das famílias durante o enfrentamento do coronavírus no país. “Cuidem dos idosos. É hora de filho e filha cuidarem dos pais”, afirmou Mandetta, durante coletiva de imprensa. 

O Brasil tem hoje mais de 300 casos confirmados da Covid-19. O Ministério da Saúde confirmou 291. Depois, secretarias estaduais confirmaram mais 55 casos, totalizando 346. Da Redação Toni Oliveira /Jornal O Movimento  É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo )