Ato reúne população em Santa Cruz da Conceição

Objetivo da manifestação foi dizer “não” à implantação de unidade prisional

21/08/2013

Fabio Mello


O Movimento de Repúdio ao Presídio a 5 km de Pirassununga ganhou mais adeptos na noite desta segunda-feira, 19. Uma manifestação reuniu cerca de 300 pessoas em frente à Câmara Municipal de Santa Cruz da Conceição para apoiar a causa e tentar reverter a implantação de uma unidade prisional no município.


Já na entrada da Câmara, uma grande faixa foi colocada e diversas pessoas aderiam ao abaixo assinado. Dentre os presentes estavam o coordenador do movimento, advogado Luís Henrique Druziani, o prefeito de Santa Cruz da Conceição, Osvaldo Marchiori, o vice-prefeito de Pirassununga, Almiro Sinotti e o vice-prefeito de Leme, Ademir Zanóbia. “Gostaria de estar aqui para falar da inauguração de um hospital, não de um presídio, mas precisamos lutar para evitar que isso aconteça”, destacou o vice-prefeito Sinotti.


Um dos pontos citados na reunião foi a conquista obtida pelo município de Bom Jesus dos Perdões, que reverteu a decisão do Governo de instalação de presídio.  "Comecei a pesquisar a respeito e acabei descobrindo que a região Bragantina conseguiu, por meio de um decreto de 14 de junho de 2013, cancelar a instalação da unidade prisional em Bom Jesus dos Perdões. Eles só conseguiram porque uniram seis cidades da região. Essa unanimidade de todos os vereadores e prefeitos e da população foi muito importante", disse Maria Isabel Tambolin, uma das lideranças do movimento em Santa Cruz.


Foi lembrado ainda que o presídio está planejado para ser construído próximo ao Ribeirão do Roque, que é a principal fonte de abastecimento de água de Leme e a segunda opção para a população de Pirassununga.  


 


Aumento desordenado


A coordenadora Maria Isabel ressaltou que um município com apenas quatro mil habitantes não conseguirá, sozinho, impedir a instalação da unidade prisional planejada. E citou alguns problemas se houver a construção: “os detentos têm prioridade no atendimento médico e aqui não temos hospital, então eles serão atendidos nas cidades vizinhas”. A tendência, segundo ela, é de aumento desordenado da população, sem contrapartida do Poder Público. “Haverá uma sobrecarga em todos os setores. Podemos dobrar o número de habitantes".


Em Pirassununga, o movimento tem apoio de todos os vereadores, do Executivo e de 48 entidades. Hoje existe até uma página no Facebook. Basta acessar: Repúdio ao Presídio em Santa Cruz da Conceição. O objetivo é reunir o maior número de municípios. Estão previstas reuniões em Porto Ferreira, Aguaí, Analândia e Descalvado.

  • NOTICIAS

    ../../../ckfinder/images/noticias/a31c06271fbc95286ba1760a1b4f955b.JPG

    Ato reúne população em Santa Cruz da Conceição

    Orange Fish
  • NOTICIAS

    ../../../ckfinder/images/noticias/e20b9a10316b580dfcf1be6770331704.JPG

    Ato reúne população em Santa Cruz da Conceição

    Orange Fish
  • NOTICIAS

    ../../../ckfinder/images/noticias/b66f47d967fa591e3e160d09468247bb.JPG

    Ato reúne população em Santa Cruz da Conceição

    Orange Fish
  • NOTICIAS

    ../../../ckfinder/images/noticias/675f6d0f051e39b80bb6a9da5822877b.JPG

    Ato reúne população em Santa Cruz da Conceição

    Orange Fish
  • NOTICIAS

    ../../../ckfinder/images/noticias/8dc1f30a76e58e57d88eefc71f8911bc.JPG

    Ato reúne população em Santa Cruz da Conceição

    Orange Fish

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Comentários


PUBLICIDADE

Rua General Osório, 432 - Centro

Pirassununga/SP

Tel.: (19) 3565-8888
Todos os Diretos Reservados ao Jornal o Movimento

Pirassununga/SP 2011-2013

Desenvolvido por :