Jornal O Movimento

Desenrola Brasil: dívidas de conta de luz da Neoenergia têm desconto de até 90% na região

As dívidas dos clientes da Neoernergia podem ter até 90% de desconto e serem parceladas em até 60 vezes — Foto: Divulgação Neoenergia

Os clientes da concessionária Neoenergia Elektro  com contas de luz em atraso e que se enquadram nos requisitos do Programa Desenrola, do governo federal, agora também podem negociar os débitos por meio do site
desenrola.gov.br. O Governo Federal prorrogou o programa até 31 de março deste ano.

O programa oferece condições especiais com descontos que podem chegar até 90% ou parcelar o pagamento em até 60 vezes. A empresa é responsável pela distribuição de energia elétrica em 18 municípios da região de Pirassununga (SP).

O Desenrola está disponível para pessoas com renda de até dois salários-mínimos ou inscritas no CadÚnico, e que possuem débito negativado entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022.

Continua após a publicidade

Poderá ser negociado até R$ 5 mil por devedor. O consumidor terá a possibilidade de parcelar o débito em até cinco anos, sem necessidade de entrada, e com o vencimento da primeira parcela 30 dias após a efetivação da negociação.

Como desenrolar?
Para participar do Desenrola, a pessoa deve acessar o site desenrola.gov.br. Os clientes devem ter cadastro na plataforma GOV.BR e possuir uma conta nível Prata ou Ouro. A conta é gratuita e necessária.

Clientes que não se encaixam no Desenrola poderão parcelar seus débitos em até 21 vezes no cartão de crédito com a mesma taxa de juros de financiamento do programa (1,99% a.m.) e um desconto de até 90% pela Flexpag.

O público-alvo terá os critérios semelhantes ao Desenrola, clientes grupo B, que foram negativados entre 1º de janeiro de 2019 até 31 de dezembro de 2022 e permanecem negativados.

Quer ficar ligado em tudo o que rola em Pirassununga e região? Siga o perfil do jornal O Movimento no Instagram e também no Facebook.

(É proibida a reprodução do conteúdo deste website em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do jornal O Movimento
Postagem Anterior Próxima Postagem