Jornal O Movimento

Corpo da ultramaratonista desaparecida é encontrado pela polícia em Leme

A ultramaratonista Camila Matte — Foto: Reprodução/Facebook

O corpo da ultramaratonista Camila Maria Matte, de Leme (SP), que estava desaparecida desde a manhã de domingo (14), após viajar para almoçar com os pais em São Carlos, foi encontrado pela polícia na tarde desta terça-feira (16). 

O corpo estava em um canavial em Santa Cruz da Conceição, perto do veículo de Camila. Há presença de fogo e a perícia está no local.

A confirmação foi dada pelo delegado João Pinheiro Neto ao site Leme Digital.

Segundo a Polícia Civil, a atleta de 44 anos teve uma discussão com o marido antes de desaparecer.  O marido dela, Peterson César Malachias disse que ela estava passando por tratamento psicológico.

Segundo o delegado, a Polícia Civil estava investigando o caso de desaparecimento e hoje recebeu a informação de um cadáver na zona rural da cidade.

A Polícia Civil investiga o caso sob sigilo e ainda não há informações sobre as causas da morte.

*Reportagem em atualização.

O desaparecimento

 A ultramaratonista Camila Matte está desaparecida desde a manhã de domingo (14/1), quando foi vista pela última vez na cidade de Leme, SP. Segundo amigos e familiares, a atleta disse que iria visitar a casa dos pais em São Carlos e, desde então, ninguém mais a viu, de acordo com os registros em redes sociais.

Familiares auxiliam fazendo buscas na região e fizeram postagem nas redes sociais solicitando apoio na procura. Conforme publicação, Camila estava em um Volkswagen Gol de cor cinza, com placas de São Carlos. A atleta estaria usando uma camiseta de cor azul, com os dizeres ‘Ultra Atleta’ escrito em amarelo.

Continua após a publicidade

Como ultramaratonista, Camila Matte tem experiência em provas de longa distância. Em 2022, por exemplo, concluiu o Ultra Trail do Mont Blanc (UTMB), com largada e chegada em Chamonix, em um percurso de 170 km que passa por três países — França, Suíça e Itália.

A corredora foi uma das quatro brasileiras a participar da competição, que é considerada uma das mais importantes corridas de montanha do mundo, e completou o desafio em 45 horas.

No ano passado, Camila esteve também na World Series do UTMB, na etapa de Paraty, no Rio de Janeiro, em setembro, onde participou da corrida de 55 KM.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Camila pode entrar em contato com a Polícia Militar, via 190, ou Disque-Denúncia, no 181.


Postagem Anterior Próxima Postagem