Jornal O Movimento

Ação da polícia apreende material de apologia ao nazismo na região

 No local, a polícia apreendeu oito livros, três máscaras, uma medalha, dois anéis, uma moeda e uma bandeira com símbolo nazista

Polícia de Araraquara recolhe material de cunho nazista — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Diversos objetos nazistas foram apreendidos pela Polícia Civil de Araraquara, a 101 quilômetros de Pirassununga, nesta terça-feira (9/1). Os policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão enviado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Raciais e de Delitos de Intolerância (Decradi). 

A ação contou com a participação da Polícia Civil de Santa Catarina. Os agentes catarinenses investigavam um site que venderia produtos com conotação nazista. Após diligências, eles encontraram o endereço e deram cumprimento ao mandado de busca e apreensão.

Continua após a publicidade

No local, foram apreendidos oito livros, três máscaras, uma medalha, dois anéis, uma moeda e uma bandeira com símbolo nazista.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado como localização e apreensão de objeto e cumprimento de mandado de busca e apreensão na Delegacia de Investigação Geral de Araraquara, onde o suspeito segue em investigação.

O dono do material, de 26 anos, suspeito de apologia ao nazismo, foi ouvido e liberado.

Apologia ao Nazismo

A apologia ao nazismo usando símbolos, como emblemas ou fazendo propaganda do regime, é considerada crime previsto em lei no Brasil e tem pena de reclusão. A legislação, especificamente a Lei 7.716 de janeiro de 1989, estabelece pena de reclusão de dois a cinco anos e multa.

Quer ficar ligado em tudo o que rola em Pirassununga e região? Siga o perfil do jornal O Movimento no Instagram e também no Facebook.

(É proibida a reprodução do conteúdo deste website em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do jornal O Movimento
Postagem Anterior Próxima Postagem