Jornal O Movimento

WhatsApp deixa de funcionar hoje em alguns celulares Android e iOS; veja se o seu é um deles

Antes de interromper o funcionamento do aplicativo, os usuários afetados são notificados sobre o fim da compatibilidade Foto: Shutterstock

Já é senso comum que o WhatsApp é um dos aplicativos mais populares do Brasil, sendo utilizado tanto para uso pessoal como para fins profissionais.
Porém, essa popularidade pode sofrer um impacto negativo, principalmente entre os usuários que possuem celulares com sistemas operacionais mais antigos.

As constantes atualizações e inovações do aplicativo, parte integral de sua estratégia de permanecer relevante e à frente de seus concorrentes, infelizmente, acabam por criar uma barreira para aqueles com aparelhos desatualizados.

A lista mais recente inclui 35 modelos de celulares, tanto Android quanto iOS, que não serão mais compatíveis com o aplicativo. Entre os aparelhos que não poderão mais utilizar o aplicativo, temos marcas como Samsung, LG, Huawei, Sony, Apple, Archos, entre outros. Confira abaixo a lista dos  aparelhos que não receberão mais o mensageiro partir desta sexta-feira (01/12):
  • Samsung Galaxy Core
  • Samsung Galaxy Tred Lite
  • Samsung Galaxy Ace 2
  • Mini Samsung Galaxy S3
  • Samsung Galaxy Trend II
  • Samsung Galaxy X 2.
  • LG Optimus L3 II
  • LG Optimus L5 II
  • LG Optimus F5
  • LG Optimus L3 II
  • LG Optimus L7 II
  • LG Optimus L5
  • LG Optimus L7
  • LG Optimus F3
  • LG Optimus F3Q
  • LG Optimus L2II
  • LG Optimus L4II
  • LG Optimus F6
  • LG Lucid 2
  • LG Optimus F7
  • Huawei Ascend Mate
  • Huawei Ascend G740
  • Huawei Ascend D2
  • Phone 6S
  • iPhone SE
  • iPhone 6S Plus
  • Sony Xperia M
  • Lenovo A820
  • ZTE V956-UMI X2
  • ZTE Grand S Flex
  • ZTE Grand Memo
  • Faea F1THL W8
  • Wiko Cink Five
  • Winko Black Night
  • Archos 53 Platinum
Quer ficar ligado em tudo o que rola em Pirassununga e região? Siga o perfil do jornal O Movimento no Instagram e também no Facebook.

(É proibida a reprodução do conteúdo deste website em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do jornal O Movimento
Postagem Anterior Próxima Postagem