Jornal O Movimento

Dentista é encontrada carbonizada em Araras; ex é principal suspeito

Bruna Angleri foi encontrada carbonizada em cima da cama de sua casa Imagem: Reprodução/Redes Sociais

O corpo de uma mulher foi encontrado carbonizado sob uma cama, em um condomínio residencial na cidade de Araras, SP, na manhã de  quarta-feira, 27. A vítima foi identificada como a dentista Bruna Angleri, de 40 anos, que deixa um filho pequeno.

As informações são do portal Jornal da Cidade, que ouviu o delegado da Polícia Civil, Tabajara Zuliani dos Santos, responsável pelo caso.

O crime foi registrado como homicídio e o principal suspeito é um ex-namorado de Bruna. Segundo o delegado, a mulher foi agredida severamente no rosto e ficou desacordada. Ele afirmou ainda que houve requintes de crueldade na situação.


"Acreditamos que já morta, foi ateado fogo no corpo dela que estava sob uma cama. Toda essa sequência ainda será confirmada através de laudos da perícia. Um crime muito violento e até mesmo atípico para a cidade de Araras", disse o delegado.

Publicidade

Bruna tinha uma medida protetiva contra um ex-namorado, que foi interrogado. Santos destacou que ele é considerado suspeito pelo crime.

Em entrevista ao site UOL, o advogado Wagner Moraes, que defende o ex-namorado da dentista, revelou que os dois mantiveram um relacionamento por sete meses e, há um mês, estavam separados.

“Ele foi acionado para prestar depoimento, uma vez que na cidade começaram a circular o nome dele como principal suspeito. Em seu depoimento, negou a autoria, colaborou com tudo, deixou celular para ser periciado, deu detalhes e nomes das pessoas com quem estava e onde estava e foi liberado”, explicou o defensor.

Agora, a polícia aguarda o laudo com as causas da morte e também do exame toxicológico para dar prosseguimento às investigações. 

Jornal O Movimento trazendo sempre o melhor conteúdo para você.  Quer saber mais sobre Notícias de Pirassununga e Região? Clique aqui

É proibida a reprodução do conteúdo ou de qualquer imagem sem prévia autorização. 

Postagem Anterior Próxima Postagem