Jornal O Movimento

Lua de Esturjão: superlua ilumina o céu nesta terça

A última vez que duas superluas completas apareceram no céu no mesmo mês foi em 2018 e a próxima vez será só em 2037.

'Superlua dos Cervos' vista em Santa Rita do Sapucaí (MG) — Foto: Júlio César

O céu desta terça-feira (1º) será iluminado pela segunda "superlua" de 2023. Conhecido como "Lua de Esturjão", o fenômeno recebeu esse nome na cultura popular graças ao peixe de mesmo nome, que é encontrado nos Grandes Lagos da América do Norte, nesta época do ano. 

Também chamada de "Lua do Relâmpago", "Lua do Lince", "Lua do Milho" e "Lua dos Grãos", essa superlua ocorre na mesma data do Lammas, tradicional celebração pagã que comemora a primeira colheita da estação no hemisfério norte.  

Astronomicamente, o dia 1º de agosto é significativo, pois se trata do ponto intermediário entre o solstício de junho e o equinócio de setembro. Assim, a data está entre os marcadores da órbita anual da Terra ao redor do sol. 

MELHOR HORA PARA VER A LUA DE ESTURJÃO
A melhor hora para ver a lua cheia é quando ela nasce no leste durante o anoitecer, logo após o pôr do sol. A “Superlua do Esturjão” será oficialmente 100% iluminada às 13h33 EDT, 12h48 no horário de Brasília, na terça-feira, 1º de agosto de 2023. 

Outra oportunidade
Quem não puder ou não conseguir ver a lua cheia desta terça, agosto ainda vai ter a Lua Cheia Azul, no dia 31. Está Lua Azul deve ser a mais brilhante do ano, já que será o momento que o satélite natural estará mais próximo da Terra em 2023, de acordo com o The Old Farmer’s Almanac.

Jornal O Movimento trazendo sempre o melhor conteúdo para você.  Quer saber mais sobre Notícias de Pirassununga e Região? Clique aqui

É proibida a reprodução do conteúdo ou de qualquer imagem sem prévia autorização. 

Postagem Anterior Próxima Postagem