Jornal O Movimento

Cursos de línguas para alunos da rede estadual começam em fevereiro

Centros de Estudos de Línguas oferecem aulas de espanhol, inglês, alemão, francês, mandarim, japonês, italiano, libras e português para estrangeiros. Crédito da Imagem: shutterstock

As aulas dos cursos de línguas oferecidas no CEL (Centro de Estudo de Línguas) começam no dia 3 de fevereiro. São cursos gratuitos com aulas em 167 unidades espalhadas por todo o estado de São Paulo.

Os interessados ainda podem se inscrever na Diretoria de Ensino ou na unidade do CEL mais próxima de sua casa. Como as vagas são remanescentes, é preciso checar se há disponibilidade na turma escolhida.

Apesar das inscrições no momento serem para vagas remanescentes, há a possibilidade da abertura de novas turmas a depender da demanda de alunos e disponibilidade do professor especialista.

Poderão ter acesso a essas aulas alunos do ensino fundamental, ensino médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede estadual; estudantes das redes municipais que tenham aderido aos materiais de apoio ao Currículo Paulista; e estudantes do ensino médio do Centro Paula Souza.

Entre as aulas oferecidas estão as de espanhol, alemão, japonês, inglês, francês, italiano, mandarim, libras (língua brasileira de sinais) e português (para os estudantes estrangeiros matriculados a partir do 6º ano do ensino fundamental na rede estadual de ensino ou na rede municipal conveniada).

As aulas são semanais e os cursos têm duração de 3 anos, exceto para libras e português para estrangeiros que têm um único nível e duração de um pouco mais de 1 ano. 

Segundo a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, elas incluem material didático moderno e a metodologia objetiva o desenvolvimento da prática oral e do aprofundamento de estudos relacionados com aspectos culturais, sociais e históricos dos idiomas.

Além do certificado de conclusão, o desempenho e carga horária do curso são registrados no histórico escolar.

Os profissionais da educação da rede estadual também poderão se inscrever nos cursos, desde que seja em vagas remanescentes, ou se inscrever em cursos de idiomas a serem ofertados pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação “Paulo Renato Costa Souza” (Efape).
Postagem Anterior Próxima Postagem