Jornal O Movimento

Alerta: menina de 8 anos morre após fazer 'desafio do desodorante' na internet

Um vídeo assistido no Tiktok teria incentivado a menina a inalar desodorante aerosol antes de dormir. © Reprodução / TV Record

Uma criança de 8 anos morreu em São Paulo após participar do "desafio do desodorante", que descobriu por meio da rede social Tiktok, de acordo com informações da tia. No vídeo, encontrado pela menina na rede social, os espectadores são incentivados a inalar o conteúdo de um desodorante aerosol pelo máximo período de tempo que conseguirem. No caso de Rayssa Marques, este limite foi o tempo necessário para tirar sua vida.

A família da menina somente descobriu que ela estava morta na manhã seguinte. Durante o dia, Rayssa brincou com os primos e com os irmãos, mas no período da noite, quando a mãe já estava dormindo, ela teve acesso ao celular, por onde assistiu ao vídeo. A vítima decidiu participar da brincadeira e inalou desodorante pela boca, tendo ido dormir em seguida, e não acordou mais.

"Parece que a gente vai acordar e vai ter ela aqui de novo. Mas não vai ser assim, né? Infelizmente" disse Cristina Marques, tia da menina, à TV Record.

A escola onde Rayssa estudava, a EMEF Professora Amélia Rodrigues de Oliveira, fez uma postagem no Facebook lamentando pela morte da aluna e explicando sobre o perigo do desafio.

"O aerossol do desodorante é composto por diversos gases e quando as crianças inalam, eles se juntam aos glóbulos vermelhos. A partir disso, ao invés do sangue transportar oxigênio, ele vai transportar esses gases, o que ocasiona a intoxicação. Rayssa faleceu intoxicada pelo desodorante.", diz a publicação.


Fique bem informado! Curta a página do Jornal "O Movimento" e tenha acesso às principais notícias de Pirassununga e região.

Outros desafios que acabaram em morte

Essa não é a primeira vez que desafios desse tipo viralizam na internet e acabaram em mortes de crianças e adolescentes. Em 2019, o “Desafio Momo” ganhou fama pelo WhatsApp ao estimular os participantes a cometerem suicídio. O desafio continha a imagem de uma mulher macabra, segundo informações do Estadão Expresso.

Ainda em 2019, o “Jogo da Baleia Azul” também se tornou conhecido por propor uma série de 50 etapas que terminava no suicídio dos participantes. Os primeiros casos da vítimas da “brincadeira” surgiram na Rússia.


Postagem Anterior Próxima Postagem