Jornal O Movimento

Pirassununga inicia vacinação contra Covid-19 de crianças entre 6 meses e 3 anos com comorbidades na segunda

Vacinação contra Covid-19 para bebês e crianças a partir de seis meses a menores de três anos sem comorbidades. © Getty Images

A cidade de Pirassununga, SP,  começa a imunizar contra a Covid os bebês e crianças de seis meses a dois anos, 11 meses e 29 dias de vida com comorbidades na próxima segunda-feira (21).   Ainda não há previsão de quando será liberada a imunização para o público geral. 

Nessa primeira fase da vacinação, os responsáveis pelas crianças terão que apresentar um comprovante de comorbidade. Lista de comorbidades a serem consideradas para vacinação contra a covid-19 de crianças de 6 meses a menores de 3 anos (descrição completa  abaixo):
  • - Diabetes mellitus
  • - Pneumopatias crônicas graves
  • - Hipertensão Arterial Resistente
  • - Hipertensão arterial estágio 3
  • - Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo
  • - Insuficiência cardíaca (IC)
  • - Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar
  • - Cardiopatia hipertensiva
  • - Síndromes coronarianas
  • - Valvopatias
  • - Miocardiopatias e Pericardiopatias
  • - Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
  • - Arritmias cardíacas
  • - Cardiopatias congênita
  • - Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados
  • - Doenças neurológicas crônicas
  • - Doença renal crônica
  • - Imunocomprometidos
  • - Hemoglobinopatias graves
  • - Obesidade mórbida
  • - Síndrome de Down
  • - Cirrose hepática
A vacinação será realizada na UMI - Unidade Materno Infantil e nas  Unidades de Saúde Familiar (USF) no bairro Vila Santa Fé e Jardim das Laranjeiras.

Crianças de seis meses a dois anos serão vacinadas com o imunizante Pfizer Baby. — Foto: Miva Filho/SES-PE
O esquema vacinal de crianças a partir de seis meses e menores de 3 anos de idade
é realizado apenas com o imunizante da Pfizer de tampa vinho, o único liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para este público.

Ele prevê a aplicação de três doses, com um intervalo de quatro semanas (28 dias) entre a primeira e a segunda e de oito semanas (56 dias) entre a segunda e a terceira. 

XEPINHA
A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) anunciou  que a cidade terá "xepinha" de vacina contra Covid-19 para bebês e crianças a partir de seis meses a menores de três anos sem comorbidades caso haja doses remanescentes no final do expediente dos três postos de imunização.
Postagem Anterior Próxima Postagem