Jornal O Movimento

Identificada mulher que foi morta a facadas na SP-201 entre Pirassununga e Santa Cruz das Palmeiras

Ana Cláudia Lopes, de 45 anos, foi encontrada ferida na SP-201. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do hospital. © Reprodução/Facebook

Ana Cláudia Lopes
, de 45 anos, foi identificada como a vítima encontrada ferida na noite de sábado (19) às margens da Rodovia Euberto Nemézio Pereira de Godoy (SP-201) entre Pirassununga e Santa Cruz das Palmeiras (SP).  A mulher residia em Porto Ferreira. 

Ana Claúdia foi encontrada pela Polícia Militar Rodoviária com  ferimentos provocado por golpes de faca às margens da rodovia . Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o Pronto Socorro da Santa Casa de de Pirassununga, mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil informou que investiga autoria e motivação, mas não deu detalhes do crime para não atrapalhar as investigações. O caso foi registrado na Delegacia de Policial Cívil de Casa Branca (SP) como homicídio.

O crime

Uma mulher de aproximadamente 45 anos  foi encontrada ferida na noite de sábado (19) às margens da Rodovia Euberto Nemézio Pereira de Godoy (SP-201) entre Pirassununga e Santa Cruz das Palmeiras (SP), no km 21+100

Segundo a ocorrência policial, a Polícia Militar Rodoviária foi acionada por volta das 20h40 para atender a ocorrência com um pedido de socorro. Ao chegar  a equipe encontrou o corpo no gramado do acostamento da rodovia.

Os policiais constaram que a mulher tinha diversos ferimentos provocado por golpes de faca. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o Pronto Socorro da Santa Casa de de Pirassununga, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda de acordo com o relato dos policiais, a mulher estava sem documentos, o que dificultou a identificação.  A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Casa Branca.
Postagem Anterior Próxima Postagem