Jornal O Movimento

Vazamento de gás tóxico deixa um morto e causa pânico no interior de SP

Moradores buscam atendimento médico após vazamento de gás em Pontal, SP — Foto: Reprodução/O Movimento

Um vazamento de gás tóxico causou uma evacuação em diversos bairros de Pontal, no interior de São Paulo. 
 
O vazamento de um gás tóxico ainda não identificado deixou 63 vítimas, das quais uma fatal, e outras duas foram internadas em estado grave devido a contaminação entre a madrugada da última terça-feira (4) e a manhã desta quarta (5). 

A prefeitura informou que todos os serviços públicos, exceto os de saúde, foram suspensos em decorrência do incidente. Segundo a prefeitura, 1.000 pessoas tiveram que ser retiradas de casa por conta do forte cheiro.

Ambulâncias em Pontal, SP, onde vazamento de gás tóxico assustou moradores. Foto: Reprodução/O Movimento
Moradores dos bairros Nova Pontal, Jardim Europa, Jequitibá I, II e III, Vila Adelaide e Vila Regina já foram orientados a deixarem as casas. Há a informação de que a Defesa Civil do Estado de São Paulo isolou a área.

Para os cidadãos temporariamente desabrigados, a prefeitura de Pontal disponibilizou o Ginásio Adib Damião para prestar assistência. Os moradores da cidade foram orientados ainda a usar máscaras de proteção e buscar atendimento médico em caso de problemas respiratórios e ardência.

Paciente é levada às pressas para atendimento na Santa Casa de Pontal, SP, após vazamento de gás. Foto: Reprodução/O Movimento
Segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), as causas do vazamento ainda são desconhecidas. Também não há informações sobre qual substância vazou. Na área, atuam a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e defesa Civil Municipal.

Os bombeiros inspecionam imóveis na tentativa de encontrar algum ponto de vazamento. 

Leia a nota da Cetesb
Desde a noite ontem (04/10), agentes da CETESB prestam atendimento a uma suspeita de vazamento clandestino de produto químico, ainda não identificado. O fato ocorreu nas imediações da rua Alexandre Andruciolli, município de Pontal, e além da CETESB, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Defesa Civil Municipal estão atendendo à ocorrência. 

Parte do quarteirão foi evacuado pelo Corpo de Bombeiros e estão sendo feitas inspeções nos imóveis e em empresas das imediações, em busca da fonte da poluição. Até o momento, não foi encontrada nenhuma atividade que pudesse ser a causadora da contaminação. A CETESB permanece no local investigando a provável causa da emissão de gases e monitorando a região.

Postagem Anterior Próxima Postagem