Jornal O Movimento

Dono do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno atrasa pensão do filho e pode ser preso, afirma coluna

 

FOTO: GUSTAVO ALEIXO/CRUZEIRO

Ronaldo Fenômeno
está sendo acusado na Justiça por não pagar a pensão alimentícia do filho de 16 anos. A denúncia está sendo movida pela esteticista Michele Umezu, mãe de um dos filhos do ex-jogador. Eles tiveram um relacionamento em 2004.

As informações são da colunista do Em Off Fábia Oliveira. Segundo a jornalista, que conversou com a advogada da ex de Ronaldo Fenômeno, o craque deixou de pagar a pensão do filho desde dezembro de 2021. Em março deste ano, completam três meses de atraso.

Ainda segundo a advogada, Ronaldo Fenômeno não chegou nem a justificar a falta do pagamento. A profissional, inclusive, disse já ter protocolado um pedido de prisão contra o ex-jogador na Justiça, caso não regularize a pensão alimentícia.  

"Ele não paga desde dezembro. Nós já entramos com a ação de execução no fórum da Barra. O que a Michele acha que aconteceu é que o Alex não quis passar o Natal com o Ronaldo, agora em dezembro, e em represália ele não pagou dezembro, janeiro e fevereiro", revelou a advogada Solange Pereira Marsiglia à jornalista.

Advogada pediu prisão de Ronaldo Fenômeno à Justiça

A advogada de Michele Umezu pediu à Justiça a prisão de Ronaldo Fenômeno. Solange Pereira explicou à colunista como o processo deve correr nos próximos dias. 

"Eu já pedi a prisão, mas o juiz só defere depois que ele for citado, o que ainda não aconteceu. A partir do momento da citação, ele tem três dias para pagar ou justificar por que não está pagando. E, se não pagar ou a justificativa não for aceita pelo juiz, então a prisão é decretada", afirmou a advogada.

Ela disse ainda que Ronaldo, além de não pagar a pensão, cortou o segurança que disponibilizava para o filho. O craque ainda cortou a mesada que oferecia ao filho de 16 anos.

Ronaldo comprou Cruzeiro

Em dezembro de 2021, a notícia de que Ronaldo tinha formalizado a compra de 90% das ações do Cruzeiro foi oficializada. Na época, o ex-atacante chegou a informar que o time teria investimento da casa dos R$ 400 milhões.

"Claro que ele não vai ser preso nunca por não pagar, mas é uma vergonha chegar nesse nível. O cara comprando um time de futebol inteiro e não pagar a pensão do filho”, completou a advogada.

Postagem Anterior Próxima Postagem