Foto: Reprodução
O Ministério da Saúde anunciou, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 25, que vai passar a disponibilizar a hidroxicloroquina para pacientes graves infectados com coronavírus.

Estudos têm mostrado que o remédio - já usado no tratamento da malária - pode ser eficaz na quebra do ciclo de reprodução do vírus no organismo. O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, esclareceu que o produto será usado conforme avaliação do profissional da rede pública. A medicação poderá ser aplicada em, no máximo, cinco dias e o paciente será constantemente monitorado. 


A partir desta quinta (26), o Ministério começará a enviar o medicamento para os estados. Vianna alertou os cidadãos a não procurarem o medicamento em farmácias, para que ele não falte para pessoas com condições de saúde que demandam o seu uso.

Veja o vídeo na integra, durante a coletiva de imprensa.